Associação do Peeling de Cristal e Peeling de Retinoico

Associação do Peeling de Cristal e Peeling de Retinoico

“Essa associação, está indicada no tratamento de dermatoses inestéticas superficiais, foto envelhecimento, cicatrizes de acne, melasma, melanose solar e rugas finas.”

A busca por uma pele saudável, viçosa e bonita, é um desejo comum atualmente. Os Peelings são um dos procedimentos mais procurados para rejuvenescer e melhorar a aparência da pele.

A pele é o maior órgão do corpo humano, é a que mais sente a reação do tempo e é, responsável pelo controle da temperatura corporal e proteção contra raios solares e ação do meio ambiente.

A pele é formada por três camadas:

  • Epiderme – Camada externa constituída por células responsáveis pela produção de queratina;
  • Derme – Camada intermediaria. Nela são produzidas duas proteínas que sustentam a pele; O colágeno e elastina. Colágeno dá firmeza e elastina a elasticidade;
  • Hipoderme- Composta por apenas células de gorduras.

O Peeling de Cristal

É uma técnica de esfoliação mecânica não cirúrgica que produz uma renovação celular da Epiderme, retirando as células mortas e estimulando a produção de colágeno. A forma da aplicação consiste em projetar microcristais de óxido de alumínio com um equipamento que permite regular os níveis de esfoliação e pressão. Os microcristais são jateados sobre a pele e aspirados sob um sistema de vácuo, juntamente com as impurezas da pele.

O Peeling Químico “Ácido Retinóico”

Consiste na aplicação de substâncias combinadas sobre a pele, que promove a descamação e renovação das células mortas. Durante esse processo as camadas mais profundas são estimuladas a produzir o colágeno, originando uma pele mais clara, lisa, macia e firme, é considerado como Peeling Superficial, pois atinge apenas a camada epidérmica, por isso, é um procedimento seguro, causa uma fina descamação que estimula a renovação do colágeno que proporciona firmeza à pele. Como é um tratamento bastante suave, exige mais de uma sessão para obter resultados. É possível o paciente voltar as suas atividades normais no dia seguinte, no entanto a pele fica levemente vermelha e apresenta descamação o que melhora em poucos dias.

Indicações

Essa associação está indicada no tratamento de dermatoses inestéticas superficiais, foto envelhecimento, cicatrizes de acne, melasma, melanose solar e rugas finas. Estando contraindicado em portadores de queloides, lesões de pele sem diagnóstico, herpes em atividade, verrugas virais e acne inflamatória.

Para aperfeiçoar os resultados, é importante observar o uso de Filtro solar FPS 30, regularmente, evitar exposição solar, não pressionar a retirada de pele morta e promover adequada hidratação da pele.

 

Autoria: Ketheli Gonçalves
Formada em Tecnologia, Cosmética e Estética.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *