Relação Pais e Filhos

Relação Pais e Filhos

A relação entre pais e filhos nasce junto com a concepção. Porem ela só vai sendo desenhada com o desenvolvimento da criança. Nesse ajuste que começa aparecer o descompasso familiar onde existe uma interação de fatores que se misturam para formar esse difícil papel de se relacionar. Pois cabe aos pais uma maior maturidade psíquica para que os filhos possam ter segurança no desenvolvimento. Mas o que acontece em alguns casos, é que estamos falando de um comportamento tóxico por parte dos pais em relação aos seus filhos, algo que realmente se torna perigoso no desenvolvimento emocional dos pequenos.

Não seja tóxico!

construção da personalidade das crianças tem muito a ver com o comportamento dos pais em relação a eles, por isso é primordial que os pais sejam conscientes que existem comportamentos que podem prejudicar gravemente aos seus filhos em longo prazo.

Essa relação constitui amor incondicional, afeto, carinho, proteção, perdão, liberdade, valores, educação, conhecimentos… Porem sem gritos, manipulações, agressividade, chantagem ou qualquer outra palavra que possa denotar um comportamento tóxico que possa adoecer a saúde emocional dos filhos.

Infelizmente, existem casos em que a relação com os pais podem chegar a ter habitualmente reações pouco adequadas onde as críticas destrutivas, a vitimização e inclusive a competição com os próprios filhos se torne um caminho perigoso.

A internet não é a babá do seu filho

Outro grande fantasma e a questão da tecnologia. Onde muitas doenças familiares estão ficando cada vez maior. Pais e mães completamente alienados a esses formatos abandonando seus filhos no mundo. Priorizando o prazer momentâneo das relações virtuais e voláteis ao invés da difícil tarefa da relação parental verdadeira e cheia de dificuldades.

Precisamos tomar conta dessas relações para que o desenvolvimento não seja alienado as novidades porem que elas venham ajudar como de fato ajudam, mas com medida e verdadeira necessidade e não como esta.  Substituindo o que e mais primordial na relação humana o cuidado o contato real. Pois só nos tornamos pessoas se somos verdadeiramente amados e aceitos com nossas características sejam elas boas ou não tão boas assim. Pois o desenvolvimento humano só termina com o fim.

1 responder

Deixe uma resposta

Quer se juntar à discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *